Seguidores

Follow

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

O inicio de tudo..


Artesanato é o próprio trabalho manual ou produção de um artesão (de artesão + ato). Mas com a mecanização da indústria o artesão é identificado como aquele que produz objetos pertencentes à chamada cultura popular.
O artesanato é tradicionalmente a produção de caráter familiar, na qual o produtor (artesão) possui os meios de produção (sendo o proprietário da oficina e das ferramentas) e trabalha com a família em sua própria casa, realizando todas as etapas da produção, desde o preparo da matéria-prima, até o acabamento; ou seja, não havendo divisão do trabalho ou especialização para a confecção de algum produto. Em algumas situações o artesão tinha junto a si um ajudante ou aprendiz.


Os primeiros objetos feitos pelo homem eram artesanais. Isso pode ser identificado no período neolítico (6.000 a.C.) quando o homem aprendeu a polir a pedra, a fabricar a cerâmica como utensílio para armazenar e cozer alimentos, e descobriu a técnica de tecelagem das fibras animais e vegetais. O mesmo pode ser percebido no Brasil no mesmo período. Pesquisas permitiram identificar uma indústria lítica e fabricação de cerâmica por etnias de tradição nordestina que viveram no sudeste do Piauí em 6.000 a.C.
Historicamente, o artesão, responde por todo o processo de transformação da matéria-prima em produto acabado. Mas antes da fase de transformação o artesão é responsável pela seleção da matéria-prima a ser utilizada e pela concepção, ou projeto do produto a ser executado.
A partir do século XI, o artesanato ficou concentrado então em espaços conhecidos como oficinas, onde um pequeno grupo de aprendizes viviam com o mestre-artesão, detentor de todo o conhecimento técnico. Este oferecia, em troca de mão-de-obra barata e fiel, conhecimento, vestimentas e comida. Criaram-se as Corporações de Ofício, organizações que os mestres de cada cidade ou região formavam a fim de defender seus interesses.







segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Abelhinha Charmosa






Como fazer a Abelinha Charmosa

Matérias:

-Pincéis diversos da pitcore da tigre
-Pano de copa da estilotex
-Molde
-Tintas para tecido da Acrilex nas cores:
Branco
Azul-mar
Azul-petróleo
Sépia
Púrpura
Vinho
Verde-pistache
Ocre-ouro
Marrom
Terra-queimada
Vermelho-vivo

Passo a passo:

Abelha: 
Amarelo-pele sombreando com marrom
Bochechas esfumaçadas com vermelho-vivo
Olhos em preto e branco

Vestido:
Ocre-ouro sombreando com marrom
Preto com luz secas para as listras 
Presponto em branco

Asas:
Azul-inverno sombreando com azul-petróleo
Luz seca e presponto em branco

Chapéu:
Púrpura sombreando com terra-queimada
Luz seca e presponto com o branco

Flores:
Púrpura sombreando com vinho
Ocre-ouro sombreando com terra-queimada e folinhas em verde-oliva
Branco com miolo em ocre-ouro sombreado com marrom  
Folhas em verde-oliva para a flor do chapéu

Sapatos e Meias:
Branco sombreado com o sépia
Detalhes em púrpura para as meias
Preto e branco para os sapatos



Frutas e Jarro pintado com giz de cera


                                                                                                

Como fazer Frutas e jarro (Giz de Cera)

Matérias:

Pano de copa da Estilotex
Molde
Lixa de madeira número:100
Ferro de passar
Papel-Toalha
Termolina leitosa da Acrilex
Caneta permanente ou para tecido Acripen na cor preta
Pincel Macio
Giz de cera da Acrilex nas cores:
Verde-claro
Verde-escuro
Vinho
Amarelo
Abórbora(Laranja)
Vermelho
Roxo
Preto
Marrom

Passe o risco para o tecido.
Coloque a lixa por tras do pano na posiçao que possa pintar o desenho,a lixa vai dar aderencia ao pano.
Pinte todo o desenho com as cores dos giz de cera.
Pinte o jarro:Azul-claro e Azul- Escuro.
Pinte maçãs:Vermelho e Vinho.
Pinte uvas:Roxo e Preto.
Pinte laranja:Amarelo e Abóbora.
Pinte cerejas:Vinho
Pinte as folhas:Verde-Claro e Verde-Escuro.
Pinte o fundo:Marrom 
Após a pintura com o giz,contorne todo o risco com a caneta permanente ou Acripen.
Coloque o papel-toalha sobre a pintura e passe o ferro quente
Após o esfriamento,passe uma camada da termolina leitosa por toda a área pintada com o pincel macio e aguarde a secagem,pode lavar após 72 horas.

Papai Noel descendo a chaminé






Como Fazer o Papai-Noel


Material:

-Tintas nas cores:
Vermelho-tomate
Preto
Branco
Vinho
Cinza lunar
Dimensional bronze
Verde-musgo
Aqua-marina
Sépia
Cerâmica
Caramelo
Amarelo-ouro
Vermelho-escarlate
Azul-colbato
Violeta
Amarelo-pele
Rosa chá
Siena-natural

Modo de pintar:

-Roupa e Gorro:
Vermelho-tomate
Vinho
Preto
Branco
Cinza-lunar
Dimensional bronze

-Face e Mão:
Amarelo-pele
Caramelo

-Saco:
Verde-musgo
Aqua-marina
Sépia
Branco

-Bota:
Preto
Cinza-lunar

-Tijolo:
Cerâmica
Caramelo
Branco

-Brinquedos:
Verde-musgo
Amarelo-ouro
Vermelho-escarlate
Azul-cobalto
Violeta
Amarelo-pele
Rosa-chá
Siena-natural
Caramelo

-Nuvem:
Azul-cobalto
Siena-natural
Branco


Cestinha de frutas com detalhes simples de crochê

Chapeuzinho Violeta com detalhes simples de crochê





 Como fazer Chapeuzinho Violeta

Matérias:

-Pano de copa da Estilotex
-Pincéis diversos da Pinctore Tigre
-Tesoura e lápis
-Moldes

Tinta para tecido da Acrilex: 
Branco
Preto
Verde-Oliva,
Verde-Pistache
Amarelo-Limão
Siena-Natural
Amarelo-Pele
Rosa-Escuro
Marrom
Lilás
Violeta-Cobalto
Vermelho-Fogo

24 passos para fazer:  

1-Passe risco do molde para o pano de copa.
2-Misture o branco com o lilás e comece a dar uma base no chapéu.
3-Veja como deve ficar o sombrado com o violeta-colbato em toda a volta.
4-Salpique bolinhas com o branco.
5-Para a pele,use o branco com o amarelo-pele e esfumace por todo o rostinho e cabelo.
6-Esfumace as bochechas com o rosa-escuro.
7-Puxe as mechas  do cabelo com o marrom.
8-Mescle o branco com o rosa-escuro e dê uma base no vestido,deixando mais branco no centro.
9-No meio faça esta faixa com o violeta-colbato e branco.
10-Para os sapatos,dê uma leve base com o branco e amarelo-limão apenas no centro da sola.
11Complete com o preto, deixando a luz no centro da sola.
12-Para a calcinha,use o branco e o rosa-escuro.
13-Faça o fundo do vestido com o rosa-escuro.
14-Para a cestinha,use o branco mais siena-natural no mesmo pincel.
15-Para os detalhes da cesta,puxe traços com o verde-oliva e ilumine alguns pontos com o branco.
16-Use o mesmo procedimento para a alça da cesta.
17-Para o paninho da cesta,use o branco com o vermelho-fogo.
18-Faça os detalhes do paninho em branco.
19-Contorne a pele com o marrom e branco.
20-Para os olhos,use o preto,brancoe o siena-natural. 
21-Para a língua e fundo de boca,use o rosa-escuro,o branco e o preto.
22-Para contornar os traços do vestido e das meias,use o rosa-escuro e o pincel fino.
23-Faça umas bolinhas nas meias com o branco.
24-Para o chão,use as cores verde-oliva,sépia,amarelo-limão e branco.



Pano de prato (A Pata Apaixonada)


O ARTESANATO BRASILEIRO

 O artesanato brasileiro é muito rico em cores e formas, apresentando características marcantes, como a abrangência geográfica e a grande variedade de produtos. 
 Isto deve-se à diversidade cultural do povo brasileiro, decorrente da influência do índio, do negro e do europeu, como também à grande abundância de matérias-primas. 
  A variedade do produto artesanal brasileiro impressiona pela sua beleza. As mais diversas matérias-primas são moldadas com grande criatividade, desde a cerâmica (marajoara, terracota, figurativa e escultural), passando pelas fibras (algodão, sisal, milho, bananeira), pedras (pedra-sabão, quartzito), madeira, metal, papel, tecidos e muitas outras. 
 A história do artesanato brasileiro contribui para valorizar e aprimorar cada vez mais o trabalho de integração do homem, meio ambiente e matéria-prima, transformando-a na mais pura e primorosa forma de artesanato. 
Resultado de imagem para historia do artesanato